Contact

Como Criar um Evento Virtual Que os Convidados Vâo Querer Participar

Quantas horas por dia você passa em videoconferências?

Se for algo entre uma e oito horas – você não está sozinho. A videoconferência se tornou a solução ideal para manter equipes e empresas (além de amigos e familiares) conectados durante esse estranho período de isolamento.

Próxima pergunta. Em uma escala de um a dez (sendo dez o máximo), o quanto você adora estar em videoconferências o dia todo?

Se a resposta for inferior a dez, continue lendo. À medida que ajudamos clientes em todo o mundo a transformar seus eventos presenciais em eventos virtuais, o engajamento é fundamental para competir com todas as outras videochamadas, lives, eventos virtuais e happy hours que seu público participa todos os dias.

Como criar eventos virtuais que chamem atenção, envolvam o público e se destacam na multidão? Aqui estão sete maneiras.

Jovem gravando reunião virtual | BCD Meetings & Events

7 DICAS PARA ENGAJAR UM PÚBLICO VIRTUAL

1. Faça do seu Evento um Evento Produzido.

Esta é a melhor coisa que você pode fazer para engajar o público. Um evento tem uma agenda. Um evento virtual – bem produzido, no melhor estilo noticiário de TV – tem um ritmo especial. Cada segmento tem de 3 a 5 minutos de duração; palestrantes tem GCs (elementos gráficos no inferior da tela); as transições são com vinhetas; há um apresentador que conduz as coisas. Todos esses elementos ajudam a tornar o evento mais envolvente, mas o ritmo é o mais importante. Dica de profissional: condense as apresentações da forma mais resumida possível, inclua o máximo de palestrantes e participantes que puder e mantenha o show em movimento.

Saiba mais como desmistificamos as reuniões virtuais

2. Seja pessoal.

Precisamos nos conectar agora mais do que nunca. Toques simples e pessoais acrescentam muito às reuniões virtuais. Coisas como:

  • Use os nomes dos palestrantes.
  • Chame os participantes pelo nome durante as apresentações.
  • Conte histórias pessoais que ajudem a esclarecer os pontos e apoiar suas mensagens.

3. Fale com os participantes.

Parece óbvio, certo? Mas na maioria das vezes, como palestrantes, podemos ter a tendência de esquecer de nos dirigir de modo específico ao nosso público. Apresentar o conteúdo que preparamos é importante, mas não mais importante do que nos conectarmos com nosso público. Veja o que queremos dizer:

  • Na sua introdução, faça referências a localização geográfica dos participantes (“Vejo que temos a equipe de Londres aqui…”).
  • Conte uma história que mencione um ou mais participantes presentes e mencione-os pelo nome.
  • Conte uma piada ou use de humor que se refira a um participante ou grupo de participantes.
  • Use a autodepreciação como uma forma de se conectar (“como Maria pode confirmar pra vocês, eu não sou o melhor usuário de tecnologia…”)

Leia um resumo – 4 ideias de estilos de reuniões virtuais

4. Use as ferramentas disponíveis na plataforma.

Independentemente da plataforma escolhida (Teams, Zoom, etc.) existem algumas ferramentas simples e úteis que as vezes esquecemos de aproveitar durante um evento virtual.

  • Perguntas e Respostas ao vivo
  • Bate-papo ao vivo
  • Pesquisas e enquetes
  • Salas simultâneas

5. Aumente as comunicações pré-evento.

Uma forte campanha de comunicação é sempre uma boa ideia, mas agora, o conteúdo pré-evento é ainda mais importante. Eventos virtuais são muito mais curtos do que eventos presenciais, por isso precisamos apresentar alguns conteúdos e comunicados com antecedência. Aqui vão alguns exemplos:

  • Envie o convite inicial por e-mail
  • Uma breve enquete pré-evento (breve: 1-3 perguntas)
  • Peça as perguntas com antecedência
  • Disponibilize qualquer video, apresentação ou material de leitura antes do evento

6. Modere as perguntas e respostas. (De verdade.)

Todos nós conhecemos alguém que sempre tem dúvidas na sessão de perguntas e respostas. As vezes essa pessoa faz uma pergunta longa. Uma pergunta muito longa. As vezes você se pergunta… tem uma pergunta aí? É por isso que você precisa de um bom moderador de perguntas e respostas. Alguém que mantenha as coisas em movimento, que ajude a esclarecer as perguntas, que faça algumas perguntas quando for preciso, e reescreva a pergunta se estiver difícil de entender. Uma sessão se perguntas e respostas sem moderação é o velho oeste com pausas desconfortáveis. Uma sessão de perguntas e respostas moderada é animada, participativa e que adiciona uma camada a mais em um evento virtual.

 

7. Seja autêntico.

Todo mundo adora um ser humano de verdade! Ninguém se empolga com um chato discurso corporativo. Existe uma diferença entre ser educado e ser robótico – e você deve tentar ser o primeiro. Especialmente no ambiente de hoje, precisamos que nossos colaboradores, clientes e outras pessoas com quem nos relacionamos ouçam e vejam nosso verdadeiro eu. Inclua seu verdadeiro eu em sua apresentação e você se conectará com seu público melhor do que nunca.

 

Saiba mais sobre nossa abrangente oferta de reuniões virtuais.
Entre em contato conosco para fazer uma ligação de cortesia com nossa equipe.